quarta-feira, 23 de junho de 2010

Desabafos, peças novas e... sei lá que mais!!♥

Olá a tod@ s! :) Bem sei que tenho andado um bocado desaparecida em combate mas asseguro-vos que não tem sido por falta de vontade mas sim de tempo! Muito trabalho nos últimos tempos e em virtude de ser só uma a dar conta de tudo, por vezes torna-se díficil... Bem, serve o presente post para falar de um assunto delicado que tenho vindo a adiar e do qual preciso urgentemente de falar, antes de continuar a postar peças novas. E como o dia não correu nada bem, tive um precalço sério com um material com o qual trabalho muito o Fimo e do qual falarei oportunamente num post póximo, decidi não adiar mais este e arrumar de vez o assunto. Então vou começar:


Todas as pessoas que leiam este blog e que me sigam há algum tempo têm noção do carinho e da dedicação que ponho em cada peça, em cada elemento das minhas criações. Sabem que dedico grande parte da minha vida e do meu tempo ao que faço, inclusivé, pessoas que já me encomendaram coisas ficaram bem impressionadas com os esforços que faço sempre para atingir os seus objectivos e ir de encontro aos seus desejos e expectativas. Creio que não é presunçoso (mas sim realista e honesto da minha parte) dizer que os meus produtos se distinguem dos demais pela sua qualidade e apresentação e perfeição nos pormenores.


 Sempre tive esse discurso aqui: existem muitas pessoas a fazerem o que eu faço, a utilizarem os mesmos materiais e as mesmas técnicas mas, o que eu acho que distingue um artista do outro é o seu nível de perfeição nos detalhes e a capacidade que ele tem de dar um cunho pessoal ao seu trabalho. Ora, quem me lê, volto a dizer, sabe apreciar todos estes aspectos e poderá talvez, penso eu, ficar surpreendido quando vê alguns dos preços por esperar que fossem mais altos. Isto acontece frequentemente: estamos a ver uma peça, ou um trabalho e já fazemos alguma noção do preço que deve custar. Por vezes enganamos-nos pela positiva, outras pela negativa! Existe aí muito boa gente que acha que pode pedir preços exorbitantes por certas peças que eu, que até sou entendida nas técnicas e nos materiais fico estupefacta com o preço e só me apetece deixar um comentário a perguntar à pessoa se ela tem alguma noção do exagero que é.


Mas bem, tento não ir por aí porque acredito que cada artista deve dar o devido valor ao seu trabalho e também não gosto que me mandem bocas acerca dos preços que pratico. Mas, vejamos, não se trata de desvalorizar o trabalho de ninguém mas sim de ter uma noção do que é um preço JUSTO pelo trabalho de alguém e é disso que estou a falar! Muitas vezes vejo coisas que não demoram tempo nenhum a fazer mas que, por serem únicas e estarem na moda são vendidas a preços exorbitantes e é nessas alturas que eu penso: NÃO É JUSTO! Também não é justo e já estou mais que farta de ver por essas lojas fora (Parfois, Naturas e outras que tais) peças feitas em massa, que nada oferecem de novo, criativo ou original por preços mais altos que os meus!! Sei que aquilo foi comprado por tuta e meia aos fornecedores e vendido com uma margem de lucro brutal, sei que vou ver trinta pessoas na rua, se fôr preciso com algo igual e isso deixa-me furiosa!


A maior parte das pessoas não têm noção disto mas eu já trabalhei nalgumas lojas de acessórios de moda conhecidas (não vou divulgar os nomes, por razões óbvias, não pretendo lesar ninguém, apenas expôr o meu ponto de vista) e garanto-vos que, a maior parte das peças é vendida com 80% ou mais de lucro!!! Pois é, o vosso dinheiro não está a ir para quem as fabricou. Daí estar a pensar que tenho de olhar o meu trabalho de uma forma mais objectiva, adulta e sustentável e, espero, levar as outras pessoas a desenvolverem mais o seu sentido crítico e a melhor saberem avaliar a dar o devido valor ao trabalho ARTESANAL!!



Por isso é que decidi começar a postar vídeos de como faço as peças, para que as pessoas aprendam um pouco mais acerca do "por detrás" de cada peça, porque, muitas delas, que até são pessoas sensatas e justas, nem sabem! E, num mundo em que estamos a ser atropelados e invadidos pelo consumo e pela peça "final", o produto acabado, vamos à loja e já está, passado um bocado deita-se fora, é imperativo que se começe a educar o público para o trabalho e o caminho que leva até ali, a esse produto final, do qual podemos usufruir. Ou seja: eu esfalfo-me por trabalhar, tento produzir peças com qualidade, tirar boas fotos, aprumar a apresentação (sim, porque hoje em dia isso conta muito, se uma peça gira é mal fotografada, ninguém vai ter vontade de a comprar ao passo que, numa foto apelativa, sugere-se todo um imaginário e um universo e suscita-se o desejo do cliente de a adquirir) e ainda produzir tudo do início ao fim, a peça e a embalagem! Se isto não é dedicação, não sei o que será!


E isto, meus amigos e amigas, tem de ser pago a um preço justo. E eu sei, tenho noção do que é um preço justo pelos meus trabalhos. Se as pessoas têm disponibilidade e vontade de gastar o dinheiro delas nas lojas de que falo, têm de estar dispostas a pagar pelo menos o mesmo, ou mais, por uma peça ÚNICA, que ninguém mais no mundo vai ter igual! É um princípio de justeza e que eu venho aqui defender de uma forma mais demarcada pois cheguei à conclusão que vou ter de aumentar um pouco os preços de algumas peças. Não de todas, mas de algumas. Mas, como não gosto de fazer as coisas sem dar cavaco a ninguém e como queria que toda a gente entendesse as minhas razões, decidi fazer este post para que fique tudo aqui esclarecidinho e clarificado.


E porquê só agora, perguntam vocês? Bem, por diversas razões: o blog está prestes a fazer dois anos e, apesar de já trabalhar nisto há cerca de dez anos, só recentemente é que me decidi a criar um espaço virtual, para poder chegar com o meu trabalho a mais gente. E uma pessoa começa sempre por baixo, como se costuma dizer, porque... olhem, porque existe muita concorrência, porque ainda se está a ver a aceitação do público, por milhentas outras razões que eu hoje olho e digo: pois, pode haver muita concorrência, mas, de facto, os meus produtos estão acima de muitos outros nos aspectos que já falei; porque eu queria começar a fazer disto uma coisa mais séria e perspectivar um futuro mais sustentável; pela razão da justeza do trabalho artesanal como referi em cima... podia continuar a dar-vos mais razões mas, a fulcral é mesmo essa: um preço JUSTO pelo meu trabalho.



Espero sinceramente que as pessoas me compreendam, para mim esta é uma questão delicada pois levo o meu trabalho muito a sério e não consigo falar dele sem me envolver emocionalmente. Espero também não perder nenhuma cliente, mas sei que as que me seguem há mais tempo irão compreender a apoiar. Pelo menos, assim o espero. :) E também, calma lá, não é como se eu fosse começar a dobrar os preços, nada disso. Como digo, algumas peças não vão ser alteradas mas, outras, as que, de facto, estão subavaliadas para o trabalho que levam, serão aumentadas. Ainda não fiz contas a sério, mas creio que farei um aumento na ordem dos 25-30%. Mas mais à frente irei alterar os preços das peças já postadas e poderão ver mais definitivamente o valor desses aumentos.



E pronto, era isto que eu tinha para dizer, espero não ter ofendido ninguém, espero que me compreendam e, em seguida, posto duas peças novas que até têm andado aqui há algum tempo mas que queria postar apenas quando fizesse este 'manifesto' dado o trabalho que cada uma leva a fazer. São uns cintos com pétalas em organza que ilustram bem o trabalho moroso de certas peças: cada pétala é cortada individualmente, queimada nos rebordos individualmente...ou seja, para fazer cerca de dez flores ( cada flor leva aprox. entre 5 a 9 pétalas) demoro umas duas ou três horas. Bem, façam a avaliação por vocês mesmas, deixo-vos com as fotos e descrições e não vos massacro mais.

Desculpem lá qualquer coisinha, mas isto tinha de sair! :)


Obrigada*******














Um é malva escuro, com o elástico em tom de pérola. Os cintos são elásticos mas, no entanto, só esticam até certa medida. No momento da encomenda é melhor mencionar o perímetro da cintura, para o caso de ter de fazer por encomenda.


































Este outro é em tons de amarelo pálido e verde, com o elástico em preto. Ambos os elásticos são em renda elástica, bordados com missangas. Fecham com mola de pressão.












































 








 
 
 
 
 
 
 
 














 Ambas as caixinhas em Origami, modelo janelinha,a das flores em papel artesanal italiano e a rosa e azul em papel reciclado.
(23,00 flores)

20 comentários:

Vânia disse...

Olá minha querida!

Tive a ler o teu post, relativamente àquilo que falámos no dia em que nos vimos! Eu compro-te coisinhas e vou continuar a comprar, porque são peças lindas de morrer mesmo.

Os preços aumentam? E? Na loja são pior e depois ainda tenho o desagrado de sair com a dita peça e olhar e 20 miudas com a mesma! É que fico mesmo fula. Odeio ser rebanho.

Por isso, concordo e apoio! Acho que todas nós, que te compramos coisinhas, deveríamos entender que tu tens toda a razão. Tens imenso trabalho e as coisas saem sempre lindas de morrer!

Para mim tens umas mãos de fada mesmo Ana!

Um Beijo Grande!

PS: Já sabes quando me envias as outras coisinhas? :D

Phoenix disse...

Ás vezes as pessoas não fazem mesmo ideia do que está por detrás do que se vende, o trabalho que dá e tendem a desvalorizar. Mas não te preocupes que não acho que quem já te conhece e compra não vai deixar de comprar =)
Vê-se que gostas do que fazes e que te dá um enorme prazer criar essas peças que são únicas, e isso é que importa. Força =) Beijinhos

Wicked Halo disse...

Eu acho que fazes bem, até pq como dizes, dá trabalho fazer as coisas, e ainda mais para ficarem bem feitas e com carinho e materiais de qualidade. Sinceramente e olhando para mta coisa que se vai vendo por ai, até nem acho que os preços que praticas sejam caros.
As pessoas têem que aprender a dar valor e apreciar o trabalho alheio. Ninguém gosta de trabalhar para aquecer, sejamos realistas tens que conseguir ter uma margem de lucro para conseguir viver...quem acha caro e prefere ser tipo ovelha da manada e comprar coisas feitas por gente noutros países que estão a receber uma miséria..então olha boa viagem!

Libelinha☆ disse...

Acho que fazes muito bem, não acho caro os preços que praticas... Visto o trabalho e a qualidade com que tu o fazes!...

Pior de tudo é quando nos copiam o trabalho e vendem ao desbarato só para nos roubaram a "clientela"... E essas mesmas pessoas que os compram ainda vêm reclamar do nosso preço e dizer que ali se vende o mesmo e muito mais barato!...

Adorei o teu post de hoje!...

Beijinhos ;p

Elisa Martins disse...

Olá Ana! Que desabafo, ufa!!! Tens razão em tudo o que dizes,mas às vezes as pessoas não compreendem dessa maneira, querem o mais barato e ponto final. É difícil avaliarmos monetariamente o nosso trabalho, até porque achamos sempre que estamos a pedir muito, por um trabalho que levou horas a fazer, mas o certo é que dedicaste horas da tua vida, amor , dinheiro nele, tem de haver um retorno,senão mais vale a pena estar quieta. Em relação ao meu colar na sexta faço questão de me encontrar contigo, e esclarecer estes mal entendidos todos. Eu telefono-te. Beijinhos

Elsa Rocha disse...

Olá Ana

Eu própria já adquiri peças que achei lindas. Na minha opinião não deves preocupar-te com esse assunto. Quem gosta das peças que executas, quem quer ter algo original e único irá continuar a comprar. Haverá sempre quem compra na loja do chinês, na Parfois, etc. e que não gasta mais do que uns miseros euros em peças e não se importa de usar coisas iguais a tantas outras. Não que ache mal, apenas faz parte da liberdade de cada um. Mais uma vez penso que não deves preocupar-te. Deves continuar a trabalhar e a cobrar um preço justo pelo teu trabalho. O resto virá naturalmente.

Beijinho

Elsa Rocha

Ana Encarnação disse...

Obrigada a todas pela força, meninas! =) Sério, valeu!!

Elisa: Espero que nos encontremos, sim, tenho estado a pensar em te enviar outro mail, para ver se nos encontramos, mas sim, 6ª para mim é perfeito, mas não passa desta!! ;)

Elsa: Pois, tens razão, é uma questão que cabe a cada um. Eu própria também faço certas compras nessas lojas, claro que não compro aquelas coisas que vejo que consigo fazer e que o preço não vale a pena, mas outros acessórios, chapéus, malas, coisas que me caem na atenção também compro, claro! :) Não estava aqui a dizer para se deixar de comprar nessas lojas, obviamente que também eu o faço, não sou fundamentalista. É mais aquela questão do preço e do saber o que as coisas valem que me tira por vezes do sério... e sim, tens razão, não me devo preocupar muito com isso mas, é como a Elisa disse: é difícil para um artista avaliar o seu próprio trabalho, quando se é novato, então... mas eu já não sou novata e é mesmo uma questão de olhar para a coisa numa perspectiva mais adulta e sustentável.

Obrigada a todas pelo vosso feedback! :) Já fiquei mais feliz, apesar do problema que ando a tentar resolver que me tem lixado os últimos dias ( falarei dele mais tarde).

Beijooooos************

When Pigs Fly... disse...

Olá...
Tenho acompanhado o teu blog, e acho que tens razão em tudo o que dizes.
Eu tentei fazer alguns trabalhos (até porque caí no desemprego e com 2 filhos para criar), e não é para me gabar, mas até são bem feitos.
No entanto vejo as pessoas preocupadas mais com a marca que usam do que um trabalho original e BEM FEITO, ÚNICO.
Desisti. Gastava no material, e não tinha retorno.
Só me resta desejar que continues... a sério.
Beijinhos

Karla disse...

Those look super cute. I love the box that comes with it =)

jo disse...

adoro estes cintos, são tão bonitos!
a questão dos preços é sempre difícil, mas haverá sempre gente que entende. ainda só vi o teu trabalho pelo blog mas parece que tens um enorme cuidado com a apresentação, e acho que só por isso já se justifica o preço :) beijinhos xx

JanuskieZ disse...

Hi... Looking ways to market your blog? try this: http://bit.ly/instantvisitors

Anónimo disse...

Claro que justifica o preço eu a primeira vez que vim ao blog, ao ver estas peças lindíssimas pensei que fossem bem mais caras! E pensei que as caixinhas em origami fossem pagas à parte, porque são também verdadeiras obras de arte! Fiquei muito contente pela positiva, mas claro que se entende que tenhas de subir os preços.

É provável que algumas pessoas não façam compras com tanta frequência, mesmo por impossibilidade, mas faz parte... faz o que entendes que seja necessário, porque as tuas peças realmente valem a pena!

Aguardo ansiosamente novas peças ^^... Para além das novas coisinhas em fimo, por acaso vais ter novos colares? Sobrou-te algum dos passarinhos? Ando mesmo a morrer por um dos teus colares...=p

Beijinhos,
Ana

Vânia disse...

Minha querida, ainda estou há espera do teu email com as coisinhas!

E olha, as tuas coisinhas ainda não chegaram aqui. É por alguma razão?

Bom, era também para dizer que deixei lá um selinho no meu blogue só para ti :D

Beijinho *

Trivia disse...

olá :) Gostei das tuas peças.. e gosto também da sinceridade. Força com isso ;)

Ana Encarnação disse...

Obrigada de novo meninas, por terem sido compreensivas e pelo apoio! =)

Ana, sim, vou ter novos colares em breve, tenho fotos para editar e postar. Em relação aos passarinhos, o únicoque me sobrou foi o cor de rosa velho. E olha que já várias pessoas andaram a rondar-me para ficarem com ele e, se ninguém se chegar à frente acho que fico com ele, ihihi... é que é mesmo a minha cara, o rosa é mesmo a minha cor mas, como é óbvio, se o quiseres ficará para ti! :)

Envia-me mail para jaqueline.ana@gmail.com se estiveres interessada, para podermos combinar.


Bjos e obrigadas**************:)

Anónimo disse...

O meu preferido era mesmo o azul, apesar de o rosa também ser muito bonito.. acho que vou esperar para ver as tuas novas criações e logo vejo!^^
Mal posso esperar hehe

p.s.: devias criar uma newsletter!

Beijinhos
Ana

Raquel disse...

Olá Ana!

Visito o teu blog há algum tempo, mas acho que nunca comentei.
Compreendo tão bem o que escreves... estás certíssima e acho que ninguém que seja justo te irá levar a mal. Estás a defender o teu trabalho e a valorizá-lo ( e que muito merece).
Há uns tempos atrás também tive esse dilema, mas depois cheguei à conclusão que a primeira pessoa a valorizá-lo tenho de ser eu, e só assim posso ter o respeito dos demais.

Por isso Ana continua em frente, e continua a fazer peças tão lindas e delicadas, às quais se vê que dedicas muito carinho!!

Beijinhos e boa semana!! :)

Ana Encarnação disse...

Raquel: :)

Gostei muito do teu blog, as tuas bonequinhas de feltro são um mimo!! Lá está, o que não faltam por aí são pregadeiras em feltro mas as tuas conseguem ser super-originais (ainda não vi semelhantes em lado nenhum) e ter um cunho pessoal. Ou seja, consegue-se ver um fio condutor no teu trabalho, uma 'trademark', algo que identifica o teu trabalho como sendo o TEU.

Já no meu caso é mais difícil, uma vez que tenho tantas técnicas e peças diferentes e variadas, é mais difícil uma pessoa identificar uma peça minha, acho. Se me limitasse a fazer duas ou três coisas do género, era mais fácil. :) Mas então, tenho esta cena polivalente, de me meter em tudo, não dá para refrear estas experiências, mesmo que eu quisesse! :)

Adorei os teus 'ninhos'! Fiz umas coisas semelhantes há um ano atrás, em que fazia um emaranhado de metal assim parecido e punha umas contas (daquelas gotas em vidro, que já falei aqui no blog) a fazer os ovinhos. Também usava umas folhinhas em vidro para fazer os raminhos, mas já se me acabaram e ando à procura de mais. :( de facto, a Milefiore tinha coisas que não encontro em mais lado nenhum.

Bem, vou juntar o teu blog ao meu rol, ver se fico a par das novidades! ;)

E força com isso, o teu trabalho é super original e diferente e espero que consigas ter sucesso.

Bjos*********

Raquel disse...

Queria-te responder por mail, mas são devolvidos!!! :(((

Beijinhos

Ana Encarnação disse...

Raquel: A sério? :(

Que estranho... mandaste para o jaqueline.ana@gmail.com? Manda para esse. Entretanto vou ver na minha caixa de spam, pode ser que tenha lá ido parar, mas é estranho.

Beijinhos************:)