domingo, 22 de agosto de 2010

Voltei, Voltei...voltei de lá, não sei quê, não sei que mais e agora já estou cá...! =)

Olá maltinha, regressei!! :) A bem dizer, já regressei há algum tempo, mas tive uns tempos um pouco complicados e com pouca ou nenhuma gestão de tempo e por isso este espaço sofreu um certo 'abandalhamento' e por isso peço desculpa. Sinceramente, não foi por falta de vontade, mas sim por diversas circunstâncias pouco propícias e que não deram espaço a que isto acontecesse mais cedo.


Mas vamos ao que interessa: as férias!!!! AAAAAAAAAAHHHHH, soube bem descansar! Apesar das crises de ansiedade na última semana terem ressurgido, foi bom parar um pouco. Mas o calor excessivo oprimiu-me e estragou um pouco o cenário idílico. Mas vou cingir-me às coisas boas. :)



 

Depois de uma semana com a família no Algarve, foi tempo de fazer uma viagem à muito esperada com o meu passarinho: ver os Açores, mais propriamente a Ilha de São Miguel.






Praia do Carvalho no Algarve. Devo dizer que o meu tipo de praia é este: pequena, com uma enseada escondida no meio de penhascos de acesso escondido, com pouca gente e abrigada. Nada de grandes areais, com milhares de pessoas a espezinharem-se umas às outras. Isto sim, é um paraíso em pleno Portugal. E olhem que as cores não foram mexidas no Photoshop! ;D Agora digam lá se envergonha algum catálogo de destinos túristicos? Eu acho que não!






A casa de praia onde ficámos as primeiras duas noites nos Açores. Alugámos um apartamento, mas a senhoria foi simpática e cedeu-nos a casa de prais por duas noites. ATENÇÃO: quem pretenda visitar esta ilha, se quiserem eu passo o contacto desta proprietária, o apartamento é mesmo no centro de Ponta Delgada e ela é uma pessoa cinco estrelas, recomendo vivamente.


As fotos são de um toucador antigo que tínhamos no quarto e ao qual dediquei alguns momentos de delírio fotográfico...:) parvoíces minhas. Tentei dar uma côr antiga à foto, tipo aquele género de fotografias que temos do tempo dos papás, tudo bué esverdeado ou amarelado.


 


Toda a casa estava decorada com muito bom gosto e com uma mistura eclética que muito me agradou. Basta dizer que a proprietária é arquitecta. :)








E prontos, aquilo por lá é assim em quase todo o lado, verde e hortênsias e vacas... e verde... e hortênsias... e mais vacas! :p
Estão a ver aqueles anúncios na televisão da Agros em que se vêem pastagens enormes e os bichos para lá à solta?... É MESMO assim. Elas andam por lá, sem pastor, sem nada, nada de vacas encuraladas e a ração, como cá. É por isso que o leite é bom. É um cenário bucólico tão bonito. E não se vêem hordas de turistas, como eu esperava. Na Madeira é mais assim, mas aqui viam-se duas, três pessoas no máximo, nos miradouros e outros pontos de interesse. É tudo muito pouco claustrofóbico.







Neste dia fomos ver as lagoas das Sete Cidades, mas estava tanto nevoeiro que só conseguimos ter uma vista da base, lá do alto não se via nada, por causa do branco denso. Mas, mesmo assim, o clima é muito suportável: calor q.b., nunca apanhámos chuva, apenas alguma humidade nos pontos mais altos.





Quem é que aqui já leu as Brumas de Avalon? Estão a ver quando a Morgaine fazia aquelas descrições das margens da Ilha de Avalon, quando chegava de barco?...=) É assim que eu imagino que seja... ao chegarmos aqui estava um silêncio tão pacífico... só se ouvia '...o marulhar da água do lago a bater nos juncos e nas margens...'
Estava muito pouca gente e fizémos um piquenique sossegado (no qual um cão quase nos ia levando o chouriço do almoço sem darmos por isso) sentados na margem.







Aproveitei para 'bater umas chapas'.







Já disse que havia buééé hortênsias em todo o lado?...







A Lagoa do Fogo! Não descemos lá abaixo, o trilho era um pouco íngreme.








As lagoas das Sete Cidades, vistas de cima! Neste dia já estava outra vez sol e conseguimos ter uma vista espectacular das duas lagoas.









Ponta Delgada: zona Marginal. Este simpático dinossauro estava a anunciar uma exposição que irá ter lugar ali em Ponta Delgada. Convenhamos que é uma forma mais eficaz de divulgar a exposição do que andar a colocar cartazes pela ilha toda.:) Assim é díficil não ver.

E prontos, that's all folks! Tenho bastantes novidades para postar nas próximas semanas, por isso, stay tunned for the next episodes! Só digo que haverão miniaturas, muitas mais e numa escala ainda menor; acessórios com temáticas que revisitam os ícones da nossa infância, muita bijutaria daquela que vocês gostam, com passarinhos e flores...:)

Estou a organizar-me o melhor que posso, para vos trazer o que de melhor por aqui se faz. Obrigada pela vossa paciência! :)

Au revoir********* :)